Notícias

Dia da APG 2021: homenagem a António Galopim de Carvalho

dia apg 2021_square_finalA Comissão Diretiva da APG decidiu, na 13ª Reunião Anual da APG, homenagear o professor António Galopim de Carvalho pelo seu inestimável contributo nas áreas da Sedimentologia, Estratigrafia, Paleontologia e Geologia Marinha. O professor é, aliás, uma referência nestas áreas, tanto a nível nacional, como internacional, e sobressai também através da sua extraordinária aptidão para a divulgação científica, levando as Geociências a um público bastante vasto.

António Marcos Galopim de Carvalho nasceu em Évora, em 1931. É licenciado em Ciências Geológicas pela Universidade de Lisboa (1959), doutorado em Sedimentologia (3ème cycle), em Paris (Sorbonne, 1964), e em Geologia, pela Universidade de Lisboa (1969). Efetuou a agregação em 1975. Jubilou-se como professor catedrático em 2001.

Foi docente em várias Universidades portuguesas (Lisboa, Açores, Algarve) onde assegurou o ensino prático de Cristalografia, Mineralogia, Geologia, Geomorfologia, Paleontologia, Petrografia, Sedimentar, Sedimentologia, Geologia de Portugal, Jazigos Minerais não Metálicos e as regências teóricas de Mineralogia e Geologia Gerais, Geologia, Geomorfologia, Geologia de Portugal, Petrografia Sedimentar, Sedimentologia, Jazigos Minerais não Metálicos. Na Cooperativa Arco ensinou Mineralogia e Geologia.

Criou e dirigiu um laboratório de Sedimentologia no Instituto de Geografia da Faculdade de Letras de Lisboa e foi diretor do Museu Mineralógico e Geológico da Universidade de Lisboa, de 1983 a 1993, e do Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC), de 1993 a 2003.

Coordenou inúmeros projetos de investigação científica nas áreas de Sedimentologia e Estratigrafia, Geologia Marinha, Paleontologia e Paleobiologia dos Dinossáurios e orientou várias teses de doutoramento.

Criou e dirigiu duas séries de publicações científicas: "Gaia" – Revista de Geociências, com 16 números publicados; "Memórias de Geociências", com 2 volumes publicados.

Na qualidade de director do MUHNAC, promoveu a realização de dois importantes encontros científicos de nível internacional: 1st International Symposium on Mineralogy (1994) e 1 rst International Meeting on Dinosaur Palaeobiology (1998).

Colaborou com inúmeras entidades, das quais se destacam os Serviços Geológicos de Portugal, o Serviço de Fomento Mineiro, Câmaras Municipais, Comissão Nacional da UNESCO, Comissão Oceanográfica Intergovernamental e Universidade Aberta.

Foi o responsável científico de vários filmes e exposições de divulgação científica.

Nas últimas décadas tem desenvolvido atividade no sentido da salvaguarda e valorização do Património Geológico e Paleontológico Nacional, de cujas acções acabaram por ser salvas as seguintes jazidas:

- Pegadas de Dinossáurios de Pego Longo (Carenque);

- Pegadas de Dinossáurios da Serra d'Aire;

- Pegadas de Dinossáurios Cabo Espichel (Pedra da Mua e Lagosteiros);

- Geomonumentos em Lisboa, Setúbal (Pedra Furada), Évora (S. Bento) e Viseu (Monte de Santa Luzia).

Assinou cerca de duzentos e cinquenta títulos entre artigos científicos, de divulgação e de opinião e tem publicados vários livros dirigidos aos ensinos universitário e secundário e à divulgação científica, bem como livros de memórias e de ficção. Escreveu o prefácio de livros de outros autores e colaborou na revisão científica de obras no domínio das suas competências e em séries de divulgação científica exibidas pela RTP, SIC e TVI.

Proferiu conferências, participou em colóquios e orientou debates, quer a nível nacional quer a nível internacional.

Sendo um homem de vários ofícios, participou em exposições de pintura (óleo e aguarela), desenho e escultura em Évora, Vendas Novas e Lisboa (Casa do Alentejo).

Pertenceu a várias organizações, tendo exercido funções de Presidente na Liga dos Amigos do MUHNAC e na Sociedade Portuguesa de Ciências Naturais e de Vice-presidente na Federação Portuguesa das Associações e Sociedades Científicas e na Sociedade Geológica de Portugal.

Foi galardoado com vários prémios e outras distinções, que testemunham um percurso profissional de excelência.

Pode inscrever-se aqui na sessão de homenagem ao professor António Galopim de Carvalho, que decorre no próximo dia 25 de setembro, durante o Dia da APG 2021 – 13ª reunião anual.

Inicialmente, a homenagem ao professor Galopim de Carvalho estava programada para o ano passado e incluía um almoço, mas teve de ser cancelada devido à pandemia.

Patrocinadores

synege

 

 maquesonda


georea_100px

logo triaguas_transp
 

als-logo-rgb_transp_100px

 

 

bv logo cmyk

 

 swick drilling europe logo final rgb

 

logo_sinergeo2

 

logo_visa

  

Escolha a sua Língua


Pesquisa